Alocasia (90 fotos): tipos e cuidados

Alocasia (90 fotos): tipos e cuidados

Alokazia é um espécime exótico, nativo das florestas tropicais do Leste Asiático. É justamente reconhecida como uma das mais excelentes plantas ornamentais. Várias espécies servem de decoração magnífica para interiores, estufas e quintais graças à sua folhagem chique. Alocasia floresce com flores pequenas, mas bastante perfumadas. Quando cultivado em casa, exige o cumprimento das regras básicas de cuidado, pelo que proporciona aos seus proprietários um prazer estético excepcional..

Tipos principais

Existem cerca de 80 espécies desta maravilhosa planta exótica no mundo. Todos eles diferem em muitos aspectos (tamanho, formato da folha, floração, etc.) e têm uma classificação bastante complexa. Considere os tipos mais comuns de alocasia cultivados em nossas latitudes.

Alocasia raiz grande

Esta é uma planta bastante grande, que em condições naturais favoráveis ​​pode crescer até 3 metros ou mais. Suas folhas também são impressionantes em tamanho, crescendo até 90 cm de comprimento e 70 cm de largura. Devido às suas dimensões impressionantes, este tipo de alocasia está listado no Livro de Recordes do Guinness e é popularmente chamado de “orelhas de elefante”. Cultivado em interior, não pode atingir este tamanho, crescendo até 2 m. Floresce em grandes inflorescências, após o murchamento das quais se formam frutos vermelhos arredondados e não comestíveis..

Alocasia raiz grande

Alocasia cheirosa

Esta espécie pertence a plantas herbáceas, possui folhas carnudas e coriáceas de até 80 cm de largura.O nome da cultura não é acidental – é capaz de emitir um aroma específico. É importante notar as propriedades curativas do perfume de alocasia, graças às quais a espécie encontrou ampla aplicação na medicina na China. Além disso, são utilizados todos os segmentos da planta, a partir dos quais são preparados preparativos que ajudam a enfrentar doenças do trato gastrointestinal, etc..

Alocasia cheirosa

Alocasia vermelho-cobre

Um dos tipos mais decorativos. As placas superiores das folhas da alocasia têm uma cor verde-cobre, complementada por um brilho metálico, e as inferiores têm uma rica tonalidade roxa. A planta tem pedúnculos escuros escarlates. Uma característica da espécie pode ser chamada de toxicidade de seu suco, ao processá-lo, deve-se usar luvas. Além disso, certifique-se de lavar as mãos com água e sabão..

Alocasia vermelho-cobre

Alokazia amazônico

A pequena alocasia amazônica compacta tem um comprimento de haste não superior a 15 cm, tornando-a perfeita para colocação mesmo em pequenos arranjos de flores no interior. Folhas – alongadas, com cerca de 40 cm de comprimento, possuem entalhes característicos na base e ao longo das bordas, além de listras brancas nas nervuras laterais.

A alocasia floresce de forma muito original, representando uma inflorescência-orelha, que é recoberta por um véu esverdeado ou rosado, tem um aroma inebriante. Em casa, essa espécie não dá frutos..

Alokazia amazônico

Alocasia klobuchkovaya

Espécie de médio porte, atingindo um metro de altura. A cor das folhas varia do verde claro ao verde expressivo. Esta alocasia folhosa decorativa fica bem em composições de estufas. Nos territórios de seu crescimento natural, é cultivada como alimento e medicamento. Na China, a cultura é usada para picadas de cobra, abcessos e para o tratamento de doenças como artrite e reumatismo..

Alocasia klobuchkovaya

Alokazia Sander

A espécie tem folhas originais em forma de flecha. Ao mesmo tempo, as folhas são especialmente decorativas – verdes com um brilho brilhante de metálico escuro, elas são lindamente decoradas com bordas claras e nervuras laterais.

Alokazia Sander

Veludo cotelê preto

Esta variedade de alocasia apresenta excelente folhagem aveludada com uma placa superior cor de vinho fuliginosa onde listras claras formam padrões sinuosos. Ao contrário de muitas espécies, a cultura pode florescer no interior de uma sala..

Tipos de alocasia - veludo cotelê preto

Cuidado adequado de alocasia

Alokazia requer atenção especial para que mantenha suas características estéticas por muito tempo. Dado que a planta é nativa dos trópicos, deve-se ter o cuidado de criar um microclima adequado para ela..

Iluminação

Uma boa iluminação difusa é preferível para alocasia. Ela tem medo da luz solar direta, pois muitas vezes causam queimaduras nas folhas, manifestadas por manchas. Isso deve ser cuidado ao plantar – se a cultura for plantada em terreno aberto, ela precisará de sombra parcial ao meio-dia, e é melhor localizar os moradores da casa no fundo de uma sala com janelas voltadas para leste ou oeste. Iluminação adicional é necessária no inverno.

Alocasia Care - Iluminação Alocasia Care - Iluminação

Temperatura

Alocasia é bastante termofílica. O modo ideal oscila na faixa de + 22 … + 27C na estação quente. No inverno, não abaixe muito a temperatura, a cultura vai se sentir confortável a + 15 … + 18C, o que não é nada difícil de proporcionar em casa.

Cuidados com Alocasia - Temperatura Cuidados com Alocasia - Temperatura

Umidade

A planta gosta muito de um microclima com alta umidade de até 80%. Para espécimes de jardim, além da rega regular, é necessário pulverizar. Em uma sala fechada, é mais difícil manter este nível – você pode instalar vasos de flores sobre recipientes com argila expandida úmida para que o vaso de flores não entre em contato com a umidade, caso contrário, o sistema radicular apodrecerá. Na estação de aquecimento, um recipiente com água é instalado próximo à alocasia. Assim como no jardim, as plantas de interior requerem pulverização sistemática e as folhas podem ser limpas adicionalmente com uma esponja húmida..

Cuidado Alocasia - Umidade

Rega

No período quente primavera-verão da alocasia, é necessária rega abundante e frequente, que diminui no outono. Em climas quentes, a planta deve ser regada porque a camada superior do solo seca e, no inverno, uma vez por semana é o suficiente. Você pode alternar a rega com a irrigação. É muito importante não exagerar na bebida, pois o solo alagado pode causar grandes danos às raízes. Para evitar essas conseqüências desagradáveis, ainda na fase de plantio, é necessário colocar uma espessa camada de material de drenagem (por exemplo, argila expandida).

Cuidado Alocasia - Rega Cuidado Alocasia - Rega

Fertilizantes e alimentação

Para manter a decoratividade da cultura, é preciso fertilizá-la. Moradores de quartos recebem fertilização complexa duas vezes por mês, contendo um alto nível de potássio. Após o transplante, a primeira mamada é realizada em um mês. Você também precisa fertilizar a alocasia durante a estação de crescimento e no final do período de floração..

Alocasia Care - Fertilizantes e Alimentação Alocasia Care - Fertilizantes e Alimentação

Doenças e pragas

Muitas vezes, cuidados inadequados tornam-se a causa da doença de alocasia. Por exemplo, o ar insuficientemente úmido no ambiente contribui para o ressecamento das bordas da folha e o aparecimento de manchas marrons. Quase da mesma forma, as queimaduras solares nas folhas aparecem quando a planta fica sob a luz direta do sol por muito tempo. Solo alagado pode levar ao apodrecimento da raiz ou do caule. Nesses casos, é necessário estabelecer imediatamente os devidos cuidados..

Além disso, o perigo é representado por doenças como:

– Fusarium, cujos sinais são manchas de putrefação primeiro nos pecíolos e depois nas folhas, como resultado da sua extinção. Nesse caso, é necessário cortar todas as partes danificadas, inclusive o sistema radicular, envolver o tronco com musgo úmido e cobrir a planta com papel alumínio. Quando novas raízes aparecem, ela é transplantada para um novo solo;

– Antracnose, caracterizada pelo aparecimento de manchas marrons com bordas amareladas, que se expandem com o tempo. Aqui você não pode ficar sem tratamento com fungicida;

– O oídio é definido pela presença de manchas branco-amareladas ou pretas na folhagem. Em caso de infecção, é necessário retirar as folhas danificadas, tratar com fungicida e cuidar.

Alocasia também pode sofrer de insetos que entram pelo solo ou de plantas vizinhas. Os mais perigosos são insetos cochonilhas, nematóides, pulgões e ácaros. Você pode se recuperar deles tratando a planta e o solo com inseticidas..

Alocasia - Doenças e pragas Alocasia - Doenças e pragas

Como transplantar alocasia

O transplante é realizado na primavera. A capacidade deve ser alta, pois as raízes da flor se estendem para dentro. Areia de rio, casca de árvore ou flocos de coco devem ser adicionados à mistura de solo para torná-la mais solta. A drenagem deve ser colocada no fundo da panela, cuja camada pode ter um terço da altura. A alocasia deve ser colocada em uma panela, borrifada com terra, levemente calcada e regada em abundância. Isso é seguido pelo cuidado usual.

Como transplantar alocasia Como transplantar alocasia

Reprodução em casa

Há um grande número de maneiras de propagar alocasia: plantando sementes, dividindo, folhas, estacas ou raízes de filhos. A escolha depende muito do tipo de planta particular. Independentemente de como exatamente isso vai acontecer, há uma série de regras relativas a qualquer um dos processos, a saber:

– O fundo do vaso de plantio deve ser coberto com drenagem, incluindo carvão amassado, tijolo quebrado;

– O solo para o desenvolvimento das plantas deve ser leve, com baixo teor de acidez;

– O solo para plantio deve ser desinfetado;

– As mudas precisam umedecer regularmente o solo;

– Qualquer material de plantio, com exceção das sementes, precisa ser cortado com carvão;

– Para acelerar a formação de raízes, crianças, cortes e folhas devem primeiro ser embebidos em uma solução que estimula a formação de raízes.

A melhor época para iniciar o processo de reprodução é considerada a primavera, quando qualquer planta está ganhando maior atividade biológica, mas se necessário, pode-se começar no verão ou no outono..

Reprodução de alocasia por sementes

Este método é usado com muito menos frequência e é explicado pelo fato de que as sementes devem ser semeadas apenas quando estão nas bagas – cascas úmidas. Mas, dado que nas condições de apartamentos e casas, a alocasia floresce muito raramente, é difícil obter material..

Se, no entanto, houver sementes, devem ser colocadas sobre a superfície do solo preparado e, sem imersão profunda, ligeiramente compactadas. Em seguida, a cama é umedecida com um borrifador e coberta com plástico ou vidro. A semeadura é ventilada e umedecida diariamente.

Em duas a três semanas, os primeiros tiros aparecerão. O transplante para residência permanente é realizado com o aparecimento de um par de folhas cheias.

Reprodução de alocasia por sementes Reprodução de alocasia por sementes

Reprodução de alocasia por folhas e estacas

Pelo método da folha caduca, corte uma folha jovem, seque-a um pouco e, depois de fazer outro pequeno corte, coloque-a em um vaso com terra. Nesta fase, é necessário criar condições de estufa onde a umidade e a temperatura permaneçam, portanto, o plantio é coberto com uma jarra de vidro ou garrafa plástica..

Todos os dias, a cobertura deve ser levantada para ventilar a estufa e umedecer o solo. Com a erupção da segunda folha, a cobertura é removida e a planta jovem recebe os cuidados habituais.

O processo de enxerto é realizado absolutamente da mesma maneira..

Reprodução de alocasia por folhas e estacas Reprodução de alocasia por folhas e estacas

Reprodução de alocasia pela divisão do rizoma

Na primavera, você pode propagar alocasia dividindo a raiz. Para isso, a flor deve ser retirada com cuidado do vaso, enxágue o rizoma, liberando-o do excesso de terra. A incisão é feita com faca afiada de forma que pelo menos um broto permaneça em todos os segmentos. Os locais dos cortes são borrifados com carvão. O material preparado é plantado em vasos separados..

Reprodução de alocasia pela divisão do rizoma

Reprodução de alocasia por crianças

Os tubérculos basais são reconhecidos como o melhor material. São retirados com cuidado durante o transplante das plantas, colocados em recipiente estreito mas profundo (convém usar um copo de plástico cujas paredes se possa observar o desenvolvimento do rizoma) com orifício de drenagem. O enraizamento ocorre em 2,5-3 meses, então as folhas maduras aparecerão, o arbusto pode ser transplantado para um recipiente profundo.

Reprodução de alocasia por crianças Reprodução de alocasia por crianças

Alocasia – foto

Lindas fotos de várias espécies, coletadas na galeria de fotos, ajudarão você a conhecer melhor a alocasia. Este visitante tropical torna-se uma decoração maravilhosa, enchendo jardins, corredores, amplos salões e apartamentos com um espírito único dos trópicos. Boa visualização!

Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto Alocasia - foto

Published
Categorized as Ideias